Grandes obras não são feitas por impulso

0

“Grandes obras não são feitas por impulso, mas por uma soma de pequenas realizações”

Vincent Van Gogh

Esta frase pode servir-nos de guia para qualquer coisa que queiramos fazer e que pretendamos que seja grande.

De facto, se nos focarmos em realizar, uma após outra, as pequenas tarefas que conduzem aos nossos objetivos, o mais natural é que a obra vá surgindo, pouco a pouco, tornando-se cada vez maior, mais visível, mais forte, mais compensadora.

Portanto, a melhor forma de realizar algo grande é ir fazendo um pouco de cada vez    sem nunca perder de vista o objectivo maior, sem nunca desistir, mesmo que tenhamos de interromper algumas vezes.

A motivação, essa só poderá aumentar à medida que formos completando as sucessivas etapas e podendo constatar o trabalho já feito.

Grandes obras não são feitas por impulso

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar, estará a consentir a sua utilização. Ok Saber mais